Lean & 6  Sigma

Otimização de processos e organizações

Desenvolvemos programas de formação e coaching de projetos Lean & 6 Sigma nos nossos clientes.

Numa era i4.0 é crítico otimizar produtos, processos e capacitar as pessoas e as organizações para se focarem nas atividades de valor acrescentado e serem capazes de definir uma arquitetura de aquisição, gestão e indexação de dados, bem como de tratamento e análise desses dados que avaliem, em tempo real, o desempenho dos seus processos e produtos. Só assim é possível fundamentar ações preventivas, curativas e de correção que reduzam a variabilidade e o desperdício, por exemplo: produto em excesso nas embalagens, tempos de paragens de máquinas, redução da velocidade de produção, amostragens em excesso, etc.

O trabalho da equipa da SINMETRO pretende, assim, preconizar a adoção de metodologias estruturadas, para dar resposta a estes desafios e gerar boas práticas de pensamento analítico na otimização de processos.

A metodologia a adotar nestes projetos depende do diagnóstico inicial e, geralmente, segue as cinco fases da metodologia 6 sigma, nomeadamente:

01 DEFINIR

o processo /operação /serviço que precisa de ser alterado, perceber o seu impacto na organização, selecionar equipa e identificar os recursos necessários para implementar esta mudança.

02 MEDIR

o estado da arte das variáveis críticas do processo alvo de estudo, com recurso à análise estatística de dados, validando, previamente, a forma como são medidas e controladas.

03 ANALISAR

eventuais relações causa-efeito entre essas variáveis, tendências e/ou aleatoriedade do seu comportamento. Comparar hipóteses de melhoria, testar as soluções mais viáveis (por exemplo através de um plano de experiências) e decidir pela solução ótima a ser implementada em modo piloto, traçando, ao mesmo tempo, um plano de implementação que minimize os custos e os riscos.

04 MELHORAR

o processo implementando a solução ótima, ainda numa fase de prova de conceito, numa área piloto (tipicamente escolhe-se a área mais difícil).

05 CONTROLAR

e avaliar o impacto da solução que está a ser testada em modo piloto, de modo a garantir a sustentabilidade das ações de melhoria e avaliar o scale up para outros processos. Neste processo pretende-se assegurar, através da gestão do projeto, a endogeneização do novo conhecimento gerado e a sua disseminação na organização.

Formação +
Coaching de Projetos

Solicite um programa à medida da sua empresa.